Subendereços serão implementados em abril de 2018

Os subendereços são mais uma funcionalidade de privacidade que será implementada ao Monero no próximo hard fork de abril.

Atualmente, cada carteira no Monero possui um único endereço que inicia com o prefixo 4. Isso é um risco para a privacidade do usuário.

A partir da atualização de abril de 2018, usuários poderão criar subendereços, que iniciarão com o prefixo 8.

Como funciona o Monero sem subendereços

Vamos usar o cenário abaixo para ilustrar:

  1. Você solicita um pagamento de 300 XMR para João em seu endereço X. Agora João sabe que você é dono do endereço X, e que esse endereço já recebeu 300 XMR em algum momento.
  2. Uma semana depois, você solicita um pagamento de 50 XMR para Ricardo em seu mesmo endereço X. Agora Ricardo também sabe que você é dono do endereço X, e que esse endereço já recebeu 50 XMR em algum momento.

As seguintes situações podem acontecer:

  • Ricardo e João podem conversar entre si e descobrir que você já recebeu 350 XMR ao todo.
  • Se alguém tiver acesso ao histórico das transações realizadas por Ricardo e João (anotadas em um papel ou na carteira GUI, por exemplo), essa pessoa irá saber que você já recebeu 350 XMR.
  • Se você usou identidades diferentes para fazer as transações com Ricardo e João, eles saberão que o endereço X pertence à mesma pessoa.
Como funcionará

A solução para esse problema é a geração de um endereço novo a cada pagamento. Essa função já existe no Bitcoin, mas ainda não existe no Monero. Na versão atual do Monero, para que um usuário possua diferentes endereços, ele precisa gerar diferentes carteiras, o que não é nada prático.

A partir da próxima atualização em março de 2018, os usuários do Monero terão a mesma funcionalidade já presente no Bitcoin, e não irão mais precisar criar novas carteiras para obter novos endereços. Uma única carteira será capaz de gerar múltiplos endereços públicos.

Somente as pessoas que estiverem a versão atualizada do cliente conseguirão enviar  fundos para os subendereços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *