China e Venezuela são os países que mais buscam por Monero no Google

A ferramenta Google Trends rastreia a popularidade de um termo de busca do motor Google. Ela exibe informações como quantidade de buscas por país, buscas relacionadas, e a popularidade do termo em relação ao tempo. Para o termo Monero, essa ferramenta exibe China e Venezuela como países mais interessados.

Com o estrito controle de capital na China e a hiperinflação da Venezuela, não é de se assustar que as pessoas busquem alternativas.

Venezuela se tornando cada vez mais pró-cripto

Apesar da situação econômica do Brasil não estar das melhores, é difícil comparar com a hiperinflação nos vizinhos venezuelanos. O nível de adoção das criptomoedas aponta ser muito maior na Venezuela.

“Há algumas lojas na minha cidade aceitando pagamentos em Monero. Eles vendem coisas aleatórias, de pneus à roupas.”, diz o usuário do reddit Artyomas141414. Outro usuário comenta: “Criptolugares VE é um aplicativo de Android que lista comércios na Venezuela que aceitam cripto.”

Muito é conversado sobre projetos de criptomoeda que não tem um produto definido. Ou as famosas ICOs que não prometem resolver nenhum problema real. Enquanto isso o Monero já é usado de forma diária por um grupo de pessoas que prefere esta opção ao sistema tradicional. São casos como esse que mostram que criptomoedas legítimas possuem um lugar no nosso futuro.

About Filipe

Filipe é um membro evangelista do Projeto Monero. Entusiasta do mundo das criptomoedas e da tecnologia Blockchain, ele é autor da maioria dos guias e escreve periodicamente para o site Monero Brasil.

View all posts by Filipe →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *