Carteiras de celular e tablet para Monero

Atualmente já existem diversos aplicativos de carteira para celulares e tablets dos sistemas operacionais Android e iOS:

  • Android: Coinomi; Edge; Monerujo
  • iOS (iPhone & iPad): Cake Wallet; Edge; MyMonero; X Wallet

A Monerujo e a Cake Wallet armazenam as suas chaves de maneira criptografada em seu dispositivo. Quando elas se conectam a um nodo, elas não compartilham a sua chave privada com o nodo, a carteira apenas pede para fazer uma consulta na blockchain e então realiza um escaneamento para ver se surgiram novos Moneros para os endereços da chave. Esse processo geralmente demora um pouco (quando menos frequente você abrir a carteira, mais você terá que esperar), mas ele garante que somente você possa ver quantos moneros você tem, pois você mantém a sua chave de visualização em seu próprio dispositivo.

A MyMonero e a Edge funcionam de maneira diferente. Elas também armazenam as suas chaves de maneira criptografada no dispositivo, mas elas mantém uma cópia da sua chave de visualização no servidor remoto delas. Lembre-se que a sua chave de visualização apenas permite ver quais moedas são suas, ela não permite que suas moedas sejam gastas. Então você está perdendo um pouco de privacidade ao usar essas carteiras. Em compensação, você ganha em velocidade, pois, como eles possuem a sua chave de visualização, eles podem escanear a blockchain para você, informando-o quase imediatamente quando você receber novas moedas. Então com essas carteiras você está trocando privacidade por velocidade. Além disso, ambas as carteiras se conectam a um servidor central, então elas são menos descentralizadas do que a Monerujo e a Cake Wallet. Caso algum dia o servidor delas ficar offline, você não conseguirá usá-las para fazer transações.

Confira abaixo as funcionalidades de cada uma dessas carteiras:

Cake Wallet (iOS)


Coinomi (Android)


Edge Wallet (iOS e Android)


Monerujo (Android)


MyMonero (iOS)


X Wallet (iOS)