Como baixar e usar a carteira oficial (GUI) do Monero

Carteira Monero

Neste guia você irá aprender como baixar, instalar e usar a carteira oficial do Monero. Ela nada mais é do que um programa de computador que você usa para armazenar suas Moneros, além de receber e enviar transações.

Existem duas carteiras oficiais disponíveis para Monero:

  • Carteira GUI: indicada para usuários comuns, é um programa de computador comum, com uma interface gráfica (GUI; Interface Gráfica do Usuário). Nesse guia iremos falar apenas sobre essa carteira.
  • Carteira CLI: indicada apenas para usuários avançados, todos os comandos são inseridos em texto.

Baixar e instalar a carteira

O primeiro passo é fazer o download da versão feita para o seu sistema operacional (disponível para Windows, Mac OS X e Linux). Clique aqui e faça o download. A instalação da carteira requer cerca de 200 MB de espaço livre no seu disco rígido.

Selecionando o idioma da carteira GUI

Ao abrir o software, você verá uma tela de boas-vindas. Clique no botão Language para mudar o idioma. Selecione “Português (BR)”.

Escolhendo o modo da carteira

A seguir a página para selecionar o modo da carteira será aberta. Você terá três modos para escolher:

  • Modo simples: exibe uma interface com as principais funcionalidades, incluindo suporte a hardware wallets. Em relação à conexão com a rede, a carteira não faz o download da blockchain no seu computador, mas se conecta a um nó remoto, que é um servidor remoto de um terceiro que contém a blockchain sincronizada. É a maneira mais rápida e prática de usar a sua carteira.
  • Modo simples (bootstrap): exibe uma carteira com as principais funcionalidades, incluindo suporte a hardware wallets. Em relação à conexão com a rede, a carteira inicia um nó local (nó completo ou full node) e inicia o download da blockchain imediatamente, o que requer pelo menos 100 GB de armazenamento e pode levar horas a dias para terminar. Enquanto o seu nó local realiza o download da blockchain, ele irá se conectar temporariamente a um nó remoto de um terceiro (neste caso, chamado de nó bootstrap). Depois que o download e a sincronização da blockchain forem concluídos em seu nó local, a carteira se desconectará do nó remoto e passará a usar a sua própria blockchain.
  • Modo avançado: exibe uma interface com todas as funcionalidades disponíveis. Você pode iniciar um nó local ou conectar-se a um nó remoto personalizado (incluindo endereços .onion). Entre as funcionalidades adicionais disponíveis no modo avançado destacam-se a possibilidade de alterar a prioridade da transição (taxa do minerador) e a de realizar mineração solo na própria carteira GUI.

A maneira mais fácil de se conectar é usar um dos modos simples. Se você mudar de idéia no futuro, o modo da carteira poderá ser modificado mais tarde no menu principal.

Se você selecionar um dos modos simples, será exibido um aviso sobre os riscos de privacidade em se usar o nó remoto de um terceiro. Confirme e prossiga para a próxima tela, que é o menu principal.

Criando uma carteira

Se essa é a sua primeira vez usando Monero, clique em “Criar uma nova carteira”. A seguir, a seguinte tela será exibida:

Em Nome da carteira, você pode escolher o nome que você quiser. No entanto, jamais inclua palavras da semente no nome da sua carteira!

Em Diretório da carteira, você irá escolher a pasta onde o arquivo da sua carteira será salvo em seu computador.

O campo Semente mnemônica é o mais importante de todo o processo de criação da carteira. Nestas 25 palavras está codificada a sua chave privada, que é a chave que lhe dá acesso a gastar os Moneros que estão armazenados na carteira.

Portanto, a ela é uma representação em texto da sua chave privada e funcionará como backup. Sempre anote essas 25 palavras usando caneta e papel, e nunca as compartilhe com ninguém! Não faça cópias digitais, não as envie para o seu e-mail, não salve em um pendrive. Após anotar essas palavras, guarde-as em um lugar secreto, pois qualquer pessoa que tiver acesso a elas poderá gastar todo o dinheiro da sua carteira, mesmo sem saber a senha da sua carteira! Nós escrevemos um guia de como fazer uma carteira em papel para guardar de forma segura sua semente mnemônica.

Crie uma senha para a carteira

Em seguida será solicitado que você insira uma senha. Esta senha protegerá o arquivo da carteira em seu computador e será requisitada sempre que você abrir sua carteira. Escolha uma senha forte, de preferência longa e que use letras, números e/ou símbolos.

Se no futuro você esquecer a senha da sua carteira, não se preocupe, pois ela não é necessária para restaurar a carteira. A sua carteira sempre será restaurada através da semente mnemônica que você anotou no passo anterior.

Aguarde a sincronização da carteira

A sincronização é uma parte que costuma ser bem demorada e depende muito da velocidade do seu computador e do seu disco rígido, podendo levar inclusive dias. Somente após terminar a sincronização você será capaz de ver o seu saldo correto e poderá enviar Moneros para outros endereços. Ou seja, você não poderá enviar Moneros se sua carteira não estiver conectada a um nó que contenha uma blockchain sincronizada (seja um nó local em seu computador ou um nó remoto de um terceiro).

Ao sincronizar a carteira GUI, a sua carteira irá realizar dois tipos de sincronização diferentes, uma após a outra:

  1. Sincronização do daemon: corresponde ao download da blockchain a partir de outros nós. Se você optou por conectar-se a um nó remoto, essa sincronização será automática, pois você estará utilizando a blockchain do nó remoto.
  2. Sincronização da carteira: corresponde à varredura que a carteira faz na blockchain em busca de transações que pertençam aos seus endereços. Essa sincronização exige muitos recursos do seu computador e será muito mais veloz se o seu computador tiver um processador (CPU) rápido e se o arquivo da sua blockchain estiver armazenado em um disco de estado sólido (SSD) ao invés de um disco rígido tradicional (HDD).

Enviar uma transação

No canto superior esquerdo, você vê a conta seleciona e o seu saldo, que será atualizado sempre que você receber um pagamento.

A tela principal inicia na seção “Enviar”, onde você pode realizar pagamentos em Monero. No campo Endereço você deve inserir o endereço Monero do destinatário, que pode iniciar com 4… ou 8… Ao clicar no ícone à direita desse campo, será aberta a agenda de endereços, onde você pode selecionar um contato como destinatário da transação.

No campo Valor você deve indicar a quantia que será enviada em XMR. Ao clicar no botão Todos, você irá criar uma transação que enviará todo o saldo desbloqueado na conta selecionada.

Se a sua carteira estiver no modo avançado, será também exibido um campo que permite alterar a prioridade da transação, que define a taxa que será paga aos mineradores. Quanto maior for a taxa paga, mais rápida sua transação será escolhida para incluída em um bloco pelos mineradores.

Além disso, você também tem a opção de adicionar uma descrição/nota pessoal para a transação. Essa descrição é visível apenas para você, na seção Histórico da sua carteira. Ela será armazenada no arquivo de carteira do seu computador, e não será enviada para a blockchain.

Agenda de endereços

A seção “Enviar” possui somente um sub-menu chamado “Agenda de endereços”. Nesta tela você pode adicionar os endereços das pessoas, lojas e serviços que você usa com maior frequência.

Receber um pagamento

Nessa seção da carteira você pode gerar endereços para receber novas transações, além de ver os endereços que já foram gerados para transações anteriores.

Junto com o endereço será exibido um código QR, que pode ser escaneado por carteiras de celular, evitando que o endereço tenha que ser inserido manualmente.

Ao contrário do Bitcoin, no Monero você não precisa criar um endereço novo a cada transação, pois o seu endereço de recebimento é registrado de maneira criptografada na blockchain. Entretanto, embora o Monero seja privado, nada impede que os endereços que você fornece sejam correlacionados fora da blockchain. Ou seja, se você fornecer o mesmo endereço de recebimento para duas pessoas diferentes, elas vão poder conversar entre si e deduzir que você é a mesma pessoa. Portanto, no Monero, para obter um nível ótimo de privacidade, recomenda-se que você crie um endereço novo para cada pessoa/empresa que você for fornecer um pagamento. Em outras palavras, cada endereço novo pode ser considerado como uma identidade nova.

Portanto, resumindo:

  • Se você vai receber um pagamento de uma pessoa/empresa de quem você nunca recebeu um pagamento antes, crie um novo endereço para essa transação.
  • Se você vai receber um pagamento de uma pessoa/empresa de quem você já recebeu um pagamento antes, não há problema em reutilizar o mesmo endereço que você forneceu anteriormente.

Histórico de transações

Cada operação realizada aparece no histórico de transações. Nesta tela você pode conferir a quantidade enviada, quanto foi pago de taxa, o ID do Pagamento, a data e hora, entre outros.

Como configurar um nó remoto personalizado (opcional)

Caso você não tenha espaço suficiente em disco para armazenar toda a blockchain do Monero (cerca de 100 GB), ou se sua conexão de internet for muito lenta, uma das soluções é utilizar um nó remoto de um terceiro. Os nós remotos são servidores que contém toda a blockchain sincronizada e transmitem para as carteiras informações sobre a blockchain, assim como recebem e enviam as transações. Para maiores informações sobre como eles funcionam e quais são os seus riscos, clique aqui para ler nosso artigo sobre nós remotos.

É fácil configurar a carteira oficial (GUI) para acessar a rede Monero através de um nó remoto. Para fazer isso, basta usar a carteira no modo simples ou no modo simples (bootstrap). Se você quiser configurar um nó remoto personalizado, você precisará fechar a carteira atualmente aberta, ir até o menu principal, clicar no botão Alterar modo da carteira e selecionar o Modo avançado. A seguir, entre na seção Configurações e a seguir na página . Insira no campo Endereço node.moneroworld.com e no campo Porta 18089. A seguir, clique no botão Conectar e espere a sua carteira se conectar ao nó remoto.

Estes nós remotos públicos são gratuitamente oferecidos pela Monero World. Ao usar um nó remoto da Monero World, você irá usar um nó remoto diferente cada vez que realizar uma conexão. Não há garantia de que essas conexões serão de alta velocidade, portanto, ainda assim pode-se levar algumas horas para sincronizar a sua carteira.

Foto de destaque concedida por Monero.How.

About Filipe

Filipe é um membro evangelista do Projeto Monero. Entusiasta do mundo das criptomoedas e da tecnologia Blockchain, ele é autor da maioria dos guias e escreve periodicamente para o site Monero Brasil.

View all posts by Filipe →

40 Comments on “Como baixar e usar a carteira oficial (GUI) do Monero”

  1. Bom dia,

    Caso o computador em que o programa esteja instalado queimar e eu usar a senha de 25 palavras em outro computador irá restaurar tudo?

    Obrigado,
    att,

    1. Oi Luciano. Exatamente: a semente de 25 palavras é capaz de restaurar sua carteira ao completo em qualquer outro computador ou dispositivo compatível. Você pode mesmo ter sua carteira sincronizada em múltiplos dispositivos ao mesmo tempo. Lembre-se: ao restaurar a carteira ela não solicitará nenhuma senha, o que significa que qualquer outra pessoa em posse da semente tem, automaticamente, posse sobre suas finanças em Monero. Guarde-as muito bem!

    1. No Windows o blockchain está localizado em C:\ProgramData\bitmonero\lmdb. É uma pasta oculta, mas se você copiar e colar no seu Windows Explorer você entrará na pasta. O blockchain se chama data.mdb.

      1. não consigo alterar esse arquivo de pasta? meu c: é um ssd pequeno, é no d: que eu tenho espaco

  2. Outra pergunta é se eu consigo transferir esses 30GB de uma máquina para outra usando um HD ou pendrive?

  3. Olá Luciano ,
    Estou instalando minha carteira MRM no meu macbook sierra .
    Depois de copiar as 25 palavras da semente e gerar a senha , aparece mensagem “aguardando sincronização do daemon terminar “. Isso está há horas e não muda de Status “. Quanto tempo leva para sincronizar ?
    Grato
    RGR

    1. Olá, o blockchain realmente pode demorar muito tempo — até mesmo dias — para sincronizar. Principalmente se sua conexão não for muito rápida e se você tiver um HD normal ao invés de um SSD. Se você precisa usar sua carteira rapidamente, utilize um nó remoto (como é explicado no final do artigo). Esta sincronização de todo o blockchain é feita somente uma vez.

  4. Olá,

    Transferi uma quantidade de monero do HITBTC para a carteira oficial. Quanto tempo demora para aparecer o saldo em minha conta? Esse processo demora? Obrigado.

    1. Olá Michel. No momento em que te escrevo as transações em Monero não levam mais que 10 minutos para serem confirmadas. Para que o saldo da sua carteira oficial seja atualizado, é preciso que ela esteja completamente sincronizada com o blockchain. Se for o caso e você ainda não vê o seu saldo, é possível que a corretora HitBTC ainda não tenha te enviado seu Monero.

  5. É mais seguro deixar a blockchain no PC ou usar o Node remoto ? Caso eu use o node remoto após sincrinizar na rede eu consigo enviar tranquilamente pagamentos ?

    1. Você não tem problema nenhum em realizar pagamentos usando um nó remoto. Somente é mais seguro usar um nó no seu computador caso um dia alguém manipule o blockchain em um nó remoto específico.

  6. Olá Filipi , boa tarde ! Estava com cerca de 85 % de sincronização no meu desktop quando faltou energia elétrica . Religando o computador e tentando restaurar aparecia a tela escura do prompt. mas logo em seguida mensagem de que o windows estava buscando solução para resolver e depois que não havia solução . Tentamos restaurar o computador , sem sucesso . Deletamos as pastas de arquivo Monero e baixamos novamente os downloads , porém , quando entra no prompt aparece as mesmas mensagens do windons e não prossegue .O que foi sincronizado fica gravado no HD ? Como dar continuidade para terminar a sincronização ?
    Agradecimentos antecipados

    1. O que provavelmente aconteceu foi que corrompeu o blockchain inteiro. O blockchain fica numa pasta diferente da carteira Monero (C:\ProgramData\bitmonero\lmdb). Você pode tentar simplesmente deletar este arquivo e recomeçar a sincronização do 0%. Se você precisa acessar seus fundos com urgência, considere usar um nó remoto.

  7. Boa noite , estou minerando Monero na Genesis-Mining e usei esta carteira como endereço de recebimento , porém ao tentarem pagar , eles não conseguem e dão uma msg de endereço de pagamento invalido ( address length) , o endereço de que uso para recebimento kCkfxbgR5h2MVoQtqhMKsMm4TS6KWT5oSSeJTow2BVgCZX5TCd4J6bet7hegTeRPATRmXyTg9U7h1rPJc
    e Payment ID 6518b6f9a1345c93
    Teria algo de errado ?
    Obrigado

    1. Olá Adalberto, não sei como funciona a Genesis-Mining, o que posso te confirmar é que os endereços públicos de Monero (endereço da sua carteira) começam com o número 4. Aparentemente essa linha de código não representa uma carteira válida.

      1. Então provavelmente esse deve ser o erro, mas é esse o endereço que está na carteira…vou rever…muito obrigado

  8. Boa tarde!

    Estou preocupado com esse ID de pagamento, pois na Bittrex informa que se não constar essa informação os XMRs podem ser perdidos. Eu quero transferir da Minhas carteira para a Bittrex, eu preciso na minha carteira colocar o ID de pagamento (pode ser qualquer nome, certo?), ir na Bittrex copiar o endereço de depósito e inserir na minha carteira. Mas lá na Bittrex eu preciso identificar essa transação ou ela acontecerá naturalmente, a medida que inserir o ID de pagamento e o endereço de pagamento da Bittrex? Resumindo, preciso fazer algum procedimento la na Bittrex?

    1. Samuel, na hora de enviar Moneros usando sua carteira oficial você pode informar o endereço público e o ID do pagamento. A Bittrex te fornece essas duas informações.

    1. Olá Jorge. O ID de pagamento é uma informação que você precisa somente ao enviar moneroj para casas de câmbio ou outras instituições e são elas que te fornecem essa informação. Lembre-se que é sua responsabilidade lembrar da senha para acessar sua carteira. Se você esqueceu a senha, será preciso recuperá-la através da semente mnemônica como é explicado no guia. Boa sorte.

  9. Ola!

    Estou estudando sobre o assunto (monero) e me surgiu algumas dúvidas, poderia me ajudar?

    1º criei uma conta no MyMonero.com. Como faço pra minerar em mais de uma máquina, tenho 3 pcs que fica conectado no minimo 8h por dia e quero usa-los.
    2º É possível minerar on-line usando minha pagina de internet para isso? Como o piratebay.

    obrigado.

  10. Bom dia.
    Meu computator ficou 4 dias sincronizando até aparecer como conectado.
    Ele inicia a mineração pelo client mas o log gerado em txt apresenta diversos erros.
    Acredito que sejam falhar de portas ou acesso.
    Tem algum e-mail de suporte que responda em português? Assim eu envio o Log e posso entender e resolver o motivo dos erros.

    1. Olá Rafael, é normal que seu computador tenha demorado todo este tempo para fazer o download e sincronizar o blockchain do Monero. Sobre o log de erro, infelizmente não existe nenhum ‘e-mail de suporte’, visto que este é um projeto de código aberto. Recomendo que busque uma comunidade brasileira de Monero (incluindo o grupo de WhatsApp que é divulgado no site do Monero Brasil) para fazer suas perguntas e receber ajuda. Boa sorte.

  11. Bom dia Felipe, ontem enviei uma quantidade de moreno de uma conta na binance. No site da binance a operação aparece como concluída, Na carteira monero o saldo aparece como sincronizando e não aparece valor algum. É assim mesmo? Só após a sincronização aparecerá o saldo?

    1. Dentro do .zip existe um arquivo chamado monero-wallet-gui.exe. Extraia os arquivos do .zip e execute este arquivo executável.

      1. Tentei instalar ao acionar o executável, depois da extração, e fica dando a mensagem de erro de estar faltando um arquivo .dll . Teria outro link?
        Obrigado.

  12. Bom dia Felipe, em 13/04, enviei 0.9 monero para braziliex através da carteira Gui, o saldo saiu, porém não foi recebido pela braziliex, fui efetuar prova de pagamento através do “xmrchain.net” conforme solicitado pela braziliex. Ocorre que não consigo pesquisar com “Transaction ID” fornecida pela GUI, “Nada no blockchain foi encontrado e corresponde ao termo de pesquisa :-(” , mas, quando consulto com o numero do bloco “Block: 1551085” a transação aparece e consigo identificar por conta da taxa “Fee” e data, porem a “Tx hash” é diferente do da carteira GUI, e não consigo prova de pagamento. Já utilizei; View key secreta, View key pública, Spend key secreta, Spend key pública, na esperança de alguma delas funcionarem. Eu utilize monero-gui-v0.11.1.0.

    1. Olá Wendel, você precisa atualizar a sua carteira para a versão mais nova. A nova versão v0.12.0.0 é a que deve ser usada para fazer transações. Por isso que a Braziliex não recebeu. Faça o download do novo software e recupere sua carteira lá através da semente mnemônica (as 25 palavras que formam suas chaves). Espere a sincronização e seu saldo voltará ao valor correto. A partir dessa nova versão, refaça a transação e a Braziliex receberá sem problemas.

      1. Boa Noite, atualizei a carteira, porem o saldo continua o mesmo. A braziliex está me pedindo prova de pagamento através do site “xmrchain.net”, porém quando colo a ID de transação nada aparece, mas quando verifico na carteira informando o mesmo ID, Chave e Endereço, diz que o endereço recebeu. Saberia me informar se existe diferença em obter prova de pagamento através da carteira e do site “xmrchain.net”?
        Grato.

        1. Ao atualizar a carteira, você restaurou ela usando a semente mnemônica e escaneou o blockchain inteiro com a nova versão da carteira? É um processo que demora algumas horas.

          Se a sua transação aparece na carteira Monero, mas não aparece no xmrchain.net, então é porque ela não foi lançada na rede correta. O website xmrchain.net está ligado ao blockchain da rede Monero, então é possível conferir as transações por lá.

  13. Olá,

    Existe alguma forma de trocar a pasta onde é armazenado o blockchain? Tenho dois SSDs e não gostaria que ele ficasse na pasta C:\ProgramData\bitmonero\lmdb por falta de espaço.

    Agradeço a atenção desde já!

  14. ola o que testnet e o que e stagenet…pq na stagenet tenho algum saldo mas nao consigo transferir por exemplo para a poloniex ou outra enchange.

  15. olá boa tarde!

    Preciso de ajuda, como faço para excluir a carteira que criei? Acho que fiz alguma coisa errada.

  16. Olá. Preciso de ajuda. Baixei a carteira GUI há 1 semana e já atualizei o blockchain e minha carteira aparece com status conectado. Mas, o saldo que transferi da Binance não aparece na carteira, sendo que já foi confirmado pela mesma há umas 3 horas. O endereço de envio da minha carteira eu conferi letra por letra e está correto, e já reiniciei a carteira e o computador algumas vezes, mas não tá resolvendo. O que pode ser isso?

Comments are closed.