Monero realiza a 1ª atualização de 2019

Após realizar uma atualização bem-sucedida em outubro de 2018, a rede Monero está se preparando para trazer novas melhorias em seu protocolo. Seguindo seu cronograma de atualizações bianuais, a rede realizará novamente um hardfork que realizará diversas mudanças no mecanismo de consenso da moeda, o que significa que todos os usuários obrigatoriamente devem atualizar as suas carteiras para que possam continuar enviando e recebendo suas moedas. A imagem mostra de maneira visual como a atualização está planejada.

A primeira atualização de 2019 está programada para ocorrer no bloco 1788000, que deverá ser minerado aproximadamente no dia 9 de março. Anteriormente programada para abril, a atualização ocorrerá um mês antes do previsto devido ao importante aumento na dificuldade de mineração que vem sendo observado nas últimas semanas, que provavelmente está relacionado ao surgimento de ASICs para o algoritmo de prova de trabalho introduzido na atualização de outubro de 2018.

Principais novidades da atualização

Como esta atualização está contando com o apoio de toda a comunidade, provavelmente não haverá nenhuma bifurcação da blockchain (chain split), e a moeda com o protocolo antigo entrará em desuso. Caso algum grupo de usuários resolvam manter a moeda com o protocolo antigo, é importante que os usuários estejam conscientes dos possíveis riscos ao reivindicar fundos (airdrops) na chain antiga. Veja mais informações neste vídeo (em inglês).

Para se preparar para a atualização da rede, o Projeto Monero disponibilizará dois clientes antes da data:

  • Versão estável (0.14): será disponibilizada em 25 de fevereiro. Essa versão terá todas as modificações de consenso necessárias para continuar usando o Monero sem interrupções. Recomendada aos usuários que usam Monero de maneira crítica em seus sistemas (como corretoras e prestadores de serviços).
  • Versão alpha (0.14.1 RC1): está prevista para ser lançada em 9 de março. Esta versão também funcionará, porém ela terá alguns recursos menos estáveis. Recomendada para usuários que desejam ajudar nos testes das novas funcionalidades e recursos.

Brevemente após a atualização da rede, o Projeto Monero lançará a versão 0.14.1 estável, que será a versão recomendada para todos os serviços e usuários uma vez que ela estiver disponível.

Carteiras de celular ou em papel

Usuários que possuem carteiras em papel ou carteiras lite, como as carteiras de celular Monerujo, Cake Wallet ou MyMonero não precisarão tomar nenhuma ação. Os mantenedores destas carteiras farão a atualização via Google Play e App Store.

About Filipe

Filipe é um membro evangelista do Projeto Monero. Entusiasta do mundo das criptomoedas e da tecnologia Blockchain, ele é autor da maioria dos guias e escreve periodicamente para o site Monero Brasil.

View all posts by Filipe →